Home > Notícias > Praticar exercícios físicos traz benefícios físicos, mentais e estimula a convivência social

Praticar exercícios físicos traz benefícios físicos, mentais e estimula a convivência social

Publicado em: 23/09/2021 Praticar exercícios físicos traz benefícios físicos, mentais e estimula a convivência social
Fala-se muito dos benefícios da atividade física na prevenção da saúde. Todo mundo já sabe que ‘mexer o esqueleto’ reduz riscos de AVC, de doenças coronarianas e de adquirir doenças crônicas como a obesidade, a diabetes, entre outras. Todos esses argumentos já seriam suficientes para incluir a atividade física como um hábito regular na rotina.

No entanto, a importância da atividade física vai além e está conectada com o conceito de saúde preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que diz: é o estado de completo bem-estar físico, mental e social.

O Supervisor Técnico de Atividade Física do GNDI Sul, Diego Mariano, esclarece cada um dos pontos relacionados à definição da OMS. “Do ponto de vista físico, ter uma prática de exercícios físicos te ajuda a ter uma relação positiva com o próprio corpo. Se refletirmos que nascemos e morremos com o mesmo corpo, tratá-lo como um recipiente é um erro. Desenvolver uma relação de amor e respeito com esse veículo que nos levará nessa jornada incrível chamada vida só nos trará benefícios”, reflete.

Corpo sano, mente sana

Sobre o aspecto mental, conforme orienta Diego Mariano, movimentar-se é uma forma de controlar o estresse e a ansiedade – um mal que assola grande parte da população neste século. “Corpo e mente estão conectadas e os estímulos que nós geramos através de uma prática de movimento reflete na liberação de hormônios que potencializam nosso bem-estar e nossa qualidade de vida”, aponta o Supervisor Técnico de Atividade Física do GNDI Sul.

Já em relação à questão social, basta olhar ao redor e observar uma consequência da pandemia que afetou a saúde mental de pessoas no mundo todo: a Covid-19 nos privou da convivência com amigos e familiares. “O isolamento trouxe um impacto na nossa estrutura social. Passamos a valorizar os encontros, como nunca. Afinal, o homem é um ser social. A prática de atividade física regular contribui para você ser parte de um grupo de pessoas que estão buscando o autocuidado. Um objetivo comum estimula a união e a criação de novos vínculos de amizade. Tudo isso fortalece, ao mesmo tempo, a saúde física e mental”, afirma Mariano.

Convite

Um dos pilares do GNDI Sul é a promoção da saúde, por meio do inventivo à mudança de hábitos. O Centro de Qualidade de Vida (CQV) do GNDI Sul, uma unidade especializada na medicina preventiva, lançou um programa chamado “Em Movimento”. A iniciativa tem como propósito criar uma tribo de beneficiários ativos e organizados, que colocam a atividade física como algo prioritário na sua rotina.
“Nosso foco é sim em reduzir a população de sedentários e por isso disponibilizamos esse treinamento teórico e prático de sete semanas no qual abordamos temas como autogestão, exercício físico, alimentação e higiene do sono”, destaca Diego Mariano.

Como funciona?

As aulas com prescrição de exercícios vão acontecer via plataforma digital (Clique Aqui!). Depois de fazer a inscrição, o beneficiário irá receber um link para cadastrar o horário de contato em que os responsáveis irão fazer as orientações e introduzir os treinamentos. Também haverá a inscrição do participante em grupo de whatsapp para acompanhamento e motivação.

O monitoramento constante do progresso do participante, com a ajuda das ferramentas online, é um dos principais aspectos estratégicos para alcançar o sucesso do “Em Movimento”. Diego explica: “Se não cultivar o hábito não vai ter resultado. É preciso trazer a consciência de que a atividade física deve ser algo constante. Não há poupança quando falamos em exercícios. É algo que temos que praticar ao longo da vida e ninguém pode fazer isso por nós. É um compromisso que cada um deve assumir consigo mesmo”, finaliza o Supervisor Técnico.


Selo ANS Número ANS