Home > Notícias > Dia Mundial da Saúde: vamos falar sobre a importância da medicina preventiva?

Dia Mundial da Saúde: vamos falar sobre a importância da medicina preventiva?

Publicado em: 05/08/2022 Dia Mundial da Saúde: vamos falar sobre a importância da medicina preventiva?

Conheça os programas online do GNDI Sul com foco na promoção da saúde dos beneficiários por meio do controle de doenças crônicas e estímulos a um estilo de vida saudável

Em 5 de agosto comemoramos o “Dia Nacional da Saúde”, que tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância da educação sanitária e a ter um estilo de vida mais saudável. Adotar uma alimentação equilibrada, correr do sedentarismo e manter a saúde mental em dia fazem parte da rotina de quem busca qualidade de vida e longevidade. E os beneficiários do GNDI Sul contam com o suporte de uma equipe de cuidados coordenados para alcançar esses objetivos.

Quem é leitor do nosso blog já sabe que somos defensores do dito popular: “é melhor prevenir que remediar”. A medicina preventiva e o cuidado coordenado são os pilares do atendimento aos pacientes no GNDI Sul. Afinal, o nosso foco é na saúde e não da doença. Olhamos para nossos beneficiários de uma forma abrangente e longitudinal, ou seja, cuidando das pessoas ao longo da vida e em todas as idades.

 Além de um estilo de vida saudável, a prevenção inclui a realização de exames e acompanhamento por uma equipe multidisciplinar (médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas e educadores físicos). É assim conseguimos evitar e controlar doenças crônicas e seus sintomas e garantir o bem-estar físico e mental dos beneficiários do GNDI Sul.
A medicina preventiva é dividida em quatro fases: prevenção primária, na qual o objetivo é evitar a doença; prevenção secundária, quando o paciente é diagnosticado com a doença e quer impedir que ela avance; prevenção terciária, em que são escolhidos métodos para diminuir os sintomas; e, por fim, prevenção quaternária, para utilizar procedimentos menos invasivos e evitar efeitos desnecessários sobre a saúde do indivíduo.

Confira agora alguns programas do GNDI Sul relacionados à medicina preventiva:


S.O.S Balança


O foco do S.O.S Balança é dar suporte para os beneficiários adotarem uma alimentação equilibrada: como montar um prato saudável em todas as refeições?; cortar o carboidrato é saudável?; quais são os vilões do emagrecimento?; que dicas de receitas podem ser utilizadas na rotina do dia a dia para não deixar o processo monótono?; as dietas da moda funcionam? As respostas para essas e outras perguntas serão respondidas durante o SOS Balança.

Com duração de quatro meses e encontros quinzenais em grupo, os programas combinam atividades lúdicas e palestras realizadas por uma equipe de médicos, nutricionistas, psicólogos e educadores físicos.

O programa também contribui, por meio de mudanças de hábitos, a minimizar sintomas de ansiedade e depressão. Hoje já ouviu falar na expressão mens sana in corpore sano? O dito popular traduz perfeitamente essa conexão entre a saúde física e mental, que também é trabalhada pelos profissionais do S.O.S Balança.

Em Movimento


Mexer o esqueleto faz bem para o corpo e para a mente e é algo que deve estar na rotina de quem quer adotar um estilo de vida saudável. E esse é o objetivo do programa “Em Movimento”: reduzir a população de sedentários. O GNDI Sul disponibiliza treinamento teórico e prático de sete semanas no qual são abordados temas como autogestão, exercício físico, alimentação e higiene do sono.

As aulas ensinam os participantes a fazerem exercícios em casa e contemplam quatro pilares: como organizar o tempo para praticar atividades físicas regularmente; os métodos dos
exercícios; a alimentação saudável, que é o combustível do corpo e possibilita gerar energia mexer o corpo; além da importância do sono para ajudar a manter esses novos hábitos.

A meta do Em Movimento é que, em dois meses, após essas orientações práticas, os beneficiários estejam preparados para estabelecer uma rotina de exercícios dentro de sua realidade. Os encontros são online e os grupos de whatsapp contribuem para o acompanhamento e motivação dos participantes.

Educafibro


A Fibromialgia é um mal invisível e que causa muita dor para os pacientes. Desde o ano passado, foi reconhecida pela legislação brasileira (Lei 14.233/2021) como uma doença crônica. A patologia está relacionada com o funcionamento do sistema nervoso central e o mecanismo de supressão da dor que atinge, em 90% dos casos, mulheres entre 40 e 60 anos, mas também pode acometer crianças, adolescentes e idosos.

O sofrimento é duplo: além das dores osteomusculares, em várias partes do corpo, principalmente nos tendões e articulações, os pacientes também enfrentam o preconceito de quem desconhece a gravidade da doença. A dor pode ser intensa, generalizada e incapacitante. Fadiga, distúrbios do sono, dor de cabeça, além de depressão e ansiedade, também são sintomas da Fibromialgia.

No GNDI Sul os pacientes com diagnóstico de Fibromialgia também são assistidos pelo Educafibro. O programa é conduzido por uma equipe multidisciplinar e o intuito é melhorar a qualidade de vida. A iniciativa ajuda os pacientes a conviverem melhor com dores e com a dificuldade em lidar com a doença, sob o ponto de vista emocional, sobretudo em momentos de crise.

Programa Gestação Segura


O Programa Gestação Segura (PGS) é um complemento do pré-natal e realizado por uma equipe formada por enfermeiras, psicólogas, nutricionistas e médico obstetra que fazem orientações individuais ou em grupo às gestantes. São cinco módulos com os seguintes temas: dúvidas sobre a gravidez; preparo para o parto; aleitamento materno; parto normal ou cesárea; e cuidados com o recém-nascido.

O Programa é bem completo e as gestantes recebem Material informativo, além cartilhas e vídeos por email e Whatsapp. Outras ações pontuais também fazem parte do Gestação Segura, como Palestras de Planejamento Familiar: principalmente para os beneficiários que desejam a realização das cirurgias de vasectomia e laqueadura. As palestras são online e as participantes recebem certificado por e-mail.

Pílulas de Atenção Plena


O programa “Pílulas de Atenção Plena” estimula o pensamento equilibrado e um olhar positivo sobre a vida diante das dificuldades.

E não é apenas conversa de psicólogo: há justificativas biológicas para aliar a meditação a tratamentos da medicina convencional. O mindfulness diminui os níveis de cortisol, que é justamente o hormônio do estresse, um dos responsáveis pelo aumento da pressão arterial, por exemplo, que traz consequências graves para a saúde.

Pitadas de Saúde


O tabagismo é a principal causa de morte evitável, também de acordo com a OMS. Os números são impactantes: o cigarro faz 7 milhões de óbitos por ano, sendo que a causa de 10% dessas mortes - que correspondem a 800 mil casos - podem ser atribuídas ao tabagismo passivo.

O GNDI Sul está fazendo a lição de casa e também possui uma ação para mudar essa realidade. O programa Pitadas de Saúde dá suporte para que os dependentes do tabaco apaguem o cigarro da sua vida. São seis encontros online, semanais, que acontecem às quintas-feiras.

O programa Pitadas de Saúde é conduzido por uma psicóloga e uma médica de família. Ao todo, são atendidos 70 pacientes por ano. A metodologia é de grupos psicoeducativos, que incluem a utilização de matérias científicas e filmes curtos de temas solicitados pelos próprios pacientes. A intenção é levar conhecimento e provocar reflexão. Também há espaço para compartilhamento de experiências.


Selo ANS Número ANS